Por causa do acordo entre Disney e Fox, os X-Men e o quarteto fantástico estão agora na Marvel studios. Os roteiristas Christopher Markus e Stephen McFeely comentaram em entrevista sobre o que podemos esperar desta fusão.

“Será emocionante ver o que Kevin Feige fará com os personagens que acabou de adquirir com a fusão da Fox. Os X-Men e o Quarteto Fantástico. Eu duvido que a versão MCU dessas coisas seja parecido com qualquer coisa que você já tenha visto antes. Então, isso é muito emocionante.”
Dependendo da sua opinião sobre os filmes da Fox, esse comentário pode ser bom ou ruim. Personagens como Wolverine e Deadpool sem dúvida caiu na graça dos fãs com a adaptação da Fox, mas não podemos dizer o mesmo sobre as tentativas de levar o quarteto as telonas.

Um boato que surgiu no começo do ano, não agradou muito os fãs. Segundo os teóricos da interwebs, a Marvel pretende introduzir o Wolverine no MCU da mesma forma que fez com a Capitã Marvel.

Mas segundo Feige, vamos demorar um pouco para ver os mutantes no MCU. “Vai demorar um pouco. Está tudo começando agora, e tudo que já definimos para os próximos 5 anos fizemos antes da fusão ser concluída”.

Em outra entrevista Kevin Feige disse: “O que tudo isso significa ainda estamos analisando, mas é maravilhoso ter esses personagens de volta ao lar. Será muito bom ter o que qualquer outro detentor de propriedade intelectual tem, que é acesso a todo o seu IP. Imagine se o pato Donald estivesse em outro estúdio. Imagine se o Pateta ou a Moana estivesse em outro lugar e você não pudesse usá-los mesmo eles sendo seus”.

Como os X-Men e o Quarteto irá entrar para o MCU, ainda está para ser analisado. Mas uma pista pode ter surgido no último trailer de Homem-aranha.

Ultimato aparentemente gerou linhas do tempo alternativas criando o Multiverso do MCU. O trailer do Homem-Aranha: longe de casa tem um Mysterio de um universo diferente, então é possível que os X-Men e o quarteto venham de um universo alternativo. Isso deve explicar o porque Markus diz que eles serão tão diferentes de tudo que já foi visto.