Os showrunners de Game of Thrones, DB Weiss e David Benioff, revelaram o’que desencadeou o colapso de Daenerys Targaryen na última guerra do penúltimo episódio “The Bells“.

creditos HBO

Dany devastou King’s Landing. Depois que as forças de Cersei se renderam, ela reduziu a população a capital de Westeros a escombros e corpos carbonizados. Tornando-se a rainha louca que todos temiam que ela se torna-se. Isso já foi previsto quando ela disse a Jon Snow que; não era amada pelos sete reinos e sua única escolha seria governar pelo medo.

“Eu acho que quando ela diz que vai ser pelo medo, ela está aceitando que terá de fazer coisas desagradáveis. E ela pode ter que fazer coisas que para muitos será terrível.” Disse Weiss.


“Creio que o destino de Dany já estava sendo semeado desde a primeira temporada. Quando você olha lá no começo e vê a reação dela quando Khal Drogo mata seu irmão. Vai perceber algo meio assustador na forma que ela reage a tudo.” acrescentou Benioff.

HBO Daenerys

No entanto o genocídio de Dany não estava nos planos da dupla; “Se as circunstâncias tivessem sido diferentes, não creio que esse lado de Dany seria revelado. Se Cersei não a tivesse traído, se Cersei não tivesse executado Missandei, Além disso se John não tivesse dito a verdade; Se todas as coisas tivessem acontecido de forma diferente, nunca teríamos visto este lado de Daenerys Targaryen.”

Entretanto, Weiss deixou claro que sua descida ao caminho da loucura, na batalha de King’s Landing, foi totalmente impulsivo e não premeditado. “Eu não acredito que ela tenha planejado tudo isso. Ela não sabia o que fazer até ver o Red Keep, que para ela é o lar de sua família. Algo que construíram desde que vieram para este país há 300 anos. É neste momento em King’s Landing, quando ela encara o símbolo de tudo que foi tirado dela, é nessa hora que ela decide levar para o lado pessoal.


O último episódio vai ao ar neste domingo na HBO.