A candidata do congresso Brianna Wu disse que o governo deve tomar medidas em relação aos trolls da internet, dando o exemplo dos trolls anti-Capitã Marvel

“É uma situação parecida a que nós estamos agora né? Nós vivemos algo do tipo com Os Caça-Fantasmas – e parece que a cada vez que uma mulher se impõe como protagonista em um terreno de protagonistas homens, nós voltamos a esse assunto. É tão frustrante.” Wu disse ao Bloomberg Technology, citando a contradição que aconteceu ao filme recente dos Caça-Fantasmas com todo o elenco protagonista feminino.

Perguntada se as redes sociais como o Facebook e o Twitter estão fazendo o suficiente para derrubar esses trolls com sua política de privacidade, Wu disse que ela “sem sombra de dúvidas” acredita que isso é uma questão de gênero, que acaba afetando homens também.

Quando perguntada se a legislação dos EUA devia ser mais severa quanto ao controle de opiniões nos sites de críticas, Wu respondeu, ” Eu penso que com certeza deve haver um projeto no congresso para adicionar mulheres no controle desses sites, e quais usuários estão sendo trolls.”

Para quem não ficou sabendo da situação, o Cinerama explica. Através do site Rotten Tomatoes, muitos usuários aleatórios começaram a dar nota baixa para Capitã Marvel antes do lançamento, simplesmente pela atriz Brie Larson ser feminista e pelo filme ter uma mulher como protagonista. Isso fez com que o site deixasse o filme com uma das notas mais baixas do MCU, sem sequer ter sido lançado.

Apesar dos ataques de trolls, Capitã Marvel tem uma projeção de estreia de arrecadar US$ 350 milhões.

Veja também: Crítica | Capitã Marvel – Vale a pena?