Categoria: Festival Varilux

Longa-metragem ganhou estreia no Festival Varilux de Cinema Francês. (

O cinema francês é recheado de tesouros que muitas vezes passam despercebidos pelo grande público, esse é o caso de Carnívoras, filme dirigido pelos irmãos Jérémie e Yannick Rennier,  exibido em todo Brasil no Festival Varilux de Cinema Francês 2018.

O filme conta a história de Mona (Leïla Bekhti), um mulher de meia-idade que tenta a todo custo alavancar uma carreira de atriz. Devido a sua difícil situação financeira, ela é forçada a ir morar com Samia (Zita Hanrot), sua irmã que tem uma uma carreira cinematográfica consolidada, um bom marido e um filho pequeno. Mona começa a ver e viver a realidade que ela tanto sonhou na vida da irmã e começa e perceber que talvez Samia não dê tanto valor ao que tem.

Quando Samia consegue um papel extremamente difícil no filme de um conceituado e exigente diretor e o papel começa a exigir cada vez mais da jovem atriz, ela ”contrata” a irmã para ser sua assistente e ajudá-la na preparação para o papel, fazendo com que a irmã seja responsável pelas principais áreas de sua vida.

A estréia dos irmão Renier na direção é bastante madura, e o roteiro, que também assinado por ambos é bem estruturado e coeso. A questão central do filme não é tratada abertamente, mas fica com o espectador durante muito tempo. Quando um assume as responsabilidades do próximo, o que acontece? Conforme o filme vai passando, o público começa a perceber que Samia apenas segue sua vida, sem tomar responsabilidade por nada e sem se comprometer com ninguém e sem se importar com as pessoas que a rodeiam, e Mona, ao desejar tudo aquilo que a irmã tem, toma todas essas responsabilidades. Se todos são responsáveis pelo que cativam, como devem lidar quando cativam coisas de outra pessoa, isso é ajuda, é roubo ou é uma anulação pessoal?

Apoiado nas atuações extremamente fortes de suas protagonistas, Carnívoras é um filme que consegue ser visceral e subjetivo, prendendo o espectador até seu último momento.

Você pode verificar datas e horários no site do festival:

Home

Assista ao trailer:

Do dia 07 até o dia 20 de Junho acontece o Festival de Cinema Varilux, em cerca de noventa cidades ao longo do Brasil. O festival é uma parceria Brasil – França que celebra as relações entre ambos os países, e que tem patrocínio de diferentes grupos, tanto do capital público, com a Secretaria de Estado de Cultura, por exemplo, quanto privado, como no caso da Airfrance, e do grupo Essilor-Varilux, que batizam o próprio evento.

Inicialmente o festival era promovido em cerca de 56 cidades, contudo, decorrente de uma parceria estratégica com o SESC nacional, passou a expor os filmes em regiões ainda menores, que até então não possuíam contato direto com o cinema francês. É importante compreender que este relacionamento serve como mecanismo de celebração da relação entre os países, e age como importante ferramenta de propagação das noções e valores culturais de ambos os povos.

A equipe do Cinerama em parceria com a produtora 4ªParede foi convidada para cobrir o evento de estreia no dia 04 de Junho, que contou com alguns atores e diretores de filmes que estrearam no festival. Além disso, também foi realizada uma série de entrevistas com os mesmos no Fera Palace Hotel, no centro histórico da cidade de Salvador. 

Fera Palace Hotel – Salvador – Bahia
Fera Palace Hotel – Salvador – Bahia

Durante muitos anos o cinema serviu ao interesse de diferentes nações para disseminar suas respectivas realidades internas e concepções sociais, sobretudo ao longo de períodos conflituosos, servindo como um meio brando de introdução dos valores de um povo sobre o outro. Através do mesmo que atualmente é comum na mentalidade de pessoas que nunca foram aos EUA, por exemplo, a realidade que é almejada e vivida dentro de seus territórios. Dito isso, a celebração de um evento de tamanho porte não se delimita no intercâmbio cultural promovido, mas se expande no intuito de consolidar também a força de uma nação sobre a outra.

Entre os convidados que vieram para cidade de Salvador, foram entrevistados pela nossa equipe, Fabien Gorgeart, diretor de O Poder de DianeFinnegan Oldfiel, protagonista do filme Marvin; a atriz Zita Hanrot e o diretor Yannick Renier, ambos do filme Carnívoras. Todos os três filmes estrearam no Brasil pelo Festival de Cinema Varilux, e podem ser acompanhados na programação do evento, que está disponibilizada no site oficial.

Zita Hanrot e Yannick Renier, ambos do filme Carnívoras.
Fabien Gorgeat, diretor de O Poder de Diane.
Finnegan Oldfield, de Marvin.

As entrevistas se deram ao longo da tarde do dia 04/06 e se desenrolaram de modo muito positivo, sendo que serão disponibilizadas em breve por escrito e também em vídeo no canal do Cinerama. Com exceção do diretor Fabien Gorgeart, todos os outros falavam inglês e não foi necessário a intérprete. 

A noite aconteceu a estreia do Festival, voltada para convidados, no Espaço Itaú de Cinema – Glauber Rocha, na Avenida Castro Alves, em Salvador. Além de alguns membros da equipes dos filmes, também foram organizadores do festival, dentre eles um dos diretores, Christian Boudier.

Esquerda para direita: Yannick Renier, Christian Boudier, Finnegan Oldfield e Zeta Hanrot.
Membros da 4ªParede Produções, e do Cinerama: Alice Cortes, William Diniz, e Laura Sampaio.

Após as exibições das sessões dos filmes com a apresentação prévia de seus respectivos atores/diretores, foi dado um coquetel de estreia aos convidados, com patrocínio da Airfrance e de outras empresas envolvidas no projeto. 

A cerimônia contou com a presença de atores e diretores de diversos longas que serão exibidos no festival

Nesta quinta feira, 07 de junho, foi a abertura oficial do Festival Varilux de Cinema Francês no Cine Odeon, no Rio de Janeiro. A cerimônia foi apresentada pelos atores Gregório Duvivier e Camila Pitanga que com muita simpatia e bom humor, levaram o público a conhecer mais sobre o festival, seus filmes e toda a equipe e parceiros que fizeram o projeto ganhar vida. Além da cerimônia de abertura, também foi exibido o filme Carnívoras, dirigido pelos irmãos Jérémie e Yannick Renier.

Diversos convidados especias envolvidos nas 26 produções que estrearam no festival estavam presentes. O ator e diretor Jérémie Renier (O Amante Duplo), o diretor Yannick Renier e a atriz Zita Hanrot (Carnívoras); o diretor Fabien Gorgeart e a atriz Clotilde Hesme (O Poder de Diane); diretor Nabil Ayouch e a atriz e roteirista Maryam Touzani (Primavera em Casablanca); o ator Finnegan Oldfield (Marvin) estavam presentes na cerimônia.

A importância de se dar mais atenção a cultura cinematográfica no país foi um dos grandes pontos altos da noite, e é bem claro que o objetivo do festival é criar uma aliança cultural franco-brasileira.

Durante todo o evento serão ministrados workshops, debates, e espaços para a escolha de projetos colaborativos entre os dois países. O festival visa a disseminação do cinema, principalmente das produções independentes e uma maior assimilação da cultura francesa no Brasil.

O Festival Varilux de Cinema Francês vai até o dia 20 de junho em todo o Brasil. Ao todo serão quase seis mil exibições em 88 cidades do país, somando 117 cinemas envolvidos. A programação pode ser conferida no site do festival. http://variluxcinefrances.com/2018/

A delegação vai participar de sessões e debates nas aberturas do evento em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. O Festival Varilux acontece entre os dias 07 e 20 de junho, em 86 cidades brasileiras. (📷 Divulgação)

Nove atores e diretores desembarcam no Brasil para participar da edição deste ano do Festival Varilux de Cinema Francês. Enquanto Salvador recebe parte da delegação, São Paulo e Rio de Janeiro contarão com todos os talentos. Nas três cidades, além de participarem das noites de aberturas do evento, apresentarão seus filmes em algumas sessões e realizarão debates sobre as obras, além de participarem de encontros com a imprensa.

Um dos confirmados é o ator e diretor Jérémie Rénier, protagonista do filme O Amante Duplo (L’amant Double), de François Ozon, em que vive papel duplo de um psiquiatra, num romance erótico com a bela Marine Vacth. Ele também é diretor de Carnívoras (Carnivores), um drama sobre a relação conflituosa de duas irmãs atrizes, ao lado de seu irmão Yannick Rénier, que também virá ao país. Aos dois se juntará uma das protagonistas do filme Zita Hanrot, ganhadora de um César como atriz revelação em 2016.

Para representar a comédia O Poder de Diane (Diane a les Épaules), em que uma mulher concorda em gerar o filho de um casal de amigos homossexuais, abordando com humor e ternura a temática dos novos modelos familiares, virão o diretor Fabien Gorgeart e a atriz Clotilde Hesme (Chocolate). Ela, também premiada com o César de melhor atriz revelação em 2012, inspirou a personagem Diane, criada por Gorgeart, que dirige pela primeira vez um longa-metragem.

Outra dupla presente nesta edição é o diretor Nabil Ayouch e a atriz Maryam Touzani, do filme Primavera em Casablanca (Razzia), que trata de intolerância e aceitação das diferenças. O longa chegou a ser pré-selecionado como representante do Marrocos ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 2018.

O escritor Marc Dugain, cujo primeiro romance La Chambre de Officiers foi coroado em 1998 com mais de 20 prêmios literários, virá com o diretor apresentar seu longa histórico Troca de Rainhas (L’échange des Princesses). Ambientado em 1721, o longa conta a história da troca de princesas entre França e Espanha para manter a paz entre os dois reinos e traz no elenco os emblemáticos atores franceses Lambert Wilson e Olivier Gourmet.

Um dos jovens atores mais elogiados atualmente na França, Finnegan Oldfield (seu trabalho pôde ser conferido no Varilux de 2016 com Os Cowboys) também teve seu nome confirmado. Ele apresentará Marvin, novo longa de Anne Fontaine, no qual vive um jovem gay que sofre opressão, especialmente por seu pai, e foge de sua pequena cidade para poder encontrar sua verdadeira identidade. Já em Paris, Finnegan contracena com Isabelle Huppert que interpreta ela mesma no filme.

O Festival Varilux de Cinema Francês 2018 acontece entre 7 e 20 de junho, em cerca de 86 cidades brasileiras, apresentando 20 produções da recente cinematografia francesa, além do clássico Z, de Costa-Gavras, em cópia restaurada.

Produzido pela Bonfilm, o evento tem patrocínio principal da Essilor/Varilux, Ministério da Cultura por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura.

SERVIÇO:

Festival Varilux de Cinema Francês 2018

Data: 7 a 20 de junho em 86 cidades brasileiras (informações sujeitas a alteração):

Águas Claras (DF), Ananindeua (PA), Aparecida de Goiânia (GO), Aracaju (SE), Araçatuba (SP), Araguaína (TO), Arapiraca (AL), Araraquara (SP), Arcoverde (PE), Balneário Camboriú (SC), Barreiras (BA), Barueri (SP), Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Blumenau (SC), Boa Vista (RR), Botucatu (SP), Brasília (DF), Búzios (RJ), Campinas (SP), Campo Grande (MS), Caruaru (PE), Cascavel (PR), Caxias do Sul (RS), Caxambu (MG), Chapecó (SC), Cotia (SP), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), Guarulhos (SP), Gurupi (TO), Iguatu (CE), Jaboatão dos Guararapes (PE), Jataí (GO), João Pessoa (PB), Juiz de Fora (MG), Jundiaí (SP), Londrina (PR), Macaé (RJ), Maceió (AL), Manaus (AM), Marabá (PA), Maringá (PR), Mossoró (RN), Natal (RN), Niterói (RJ), Nova Friburgo (RJ), Nova Iguaçu (RJ), Ouro Preto (MG), Palmas (TO), Paraty (RJ), Paranavaí (PR), Parnaíba (PI), Pelotas (RS), Petrópolis (RJ), Petrolina (PE), Poconé (MT), Ponta Grossa (PR), Porto Alegre (RS), Porto Velho (RO), Pouso Alegre (MG), Recife (PE), Ribeirão Preto (SP), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ), Rio Grande (RS), Rondonópolis (MT), Salvador (BA), Santa Maria (RS), Santos (SP), São Carlos (SP), São João de Meriti (RJ), São José dos Campos (SP), São José do Rio Preto (SP), São Luís (MA), São Paulo (SP), Socorro (SE), Teresina (PI), Uruguaiana (RS), Vila Velha (ES), Vitória (ES) e Volta Redonda (RJ).

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

[email protected]

Developed By: Vedrak Devs