Crítica| “Daphne” acompanha a crise de uma mulher em Londres

Com estreia marcada para o dia da mulher, 8 de março, Daphne é um retrato da vida londrina de uma jovem durante a crise dos 30 anos. Daphne é uma mulher independente que aos 31 anos tem a sensação de que sua vida está parada, pois se sente jovem demais para se estabelecer e velha demais para continuar levando seu estilo de vida antigo.

Com uma rotina um tanto monótona, a personagem trabalha como chef em um restaurante estressante e desconta suas angústias em busca pelo prazer através de drogas, sexo casual e bebidas. Até que em uma certa noite, Daphne presencia um assalto violento em uma loja de conveniência e salva a vida de um comerciante estrangeiro. Por conta da gravidade do acontecido, ela começa uma terapia indicada pelo governo inglês e acaba confrontando sua realidade, mas sem a profundidade esperada.

A personagem de Emily Beecham (Ave, César!) é um tanto complexa. Sua vida autodestrutiva e seus relacionamentos problemáticos são tratados com uma dose de humor negro. Os diálogos são todos maravilhosamente construídos em cima do sarcasmo e cinismo da protagonista.

Daphne é um filme modesto, sem grandes atrativos exceto pela excelente atuação da atriz Beecham que interpreta a Daphne. Dirigido e escrito por homens, Peter Mackie Burns (Milk) e Nico Mensinga (Watching), o roteiro é de certa forma artificial e um tanto forçado. Porém, a narrativa é construída em cima de uma premissa interessante que desafia a ordem usual de começo, meio e fim bem delineados.

Por fim, Daphne é um filme com alguns aspectos questionáveis, mas que merece atenção por ser diferente tanto em questões de storytelling quanto de construção de personagem. O filme britânico é um retrato fiel sobre como é se sentir perdido, e apesar de problemas com o roteiro e direção, merece ser visto.

Assista ao trailer:

Etiquetas: , , , , ,

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

[email protected]

Developed By: Vedrak Devs