Semana Arte Mulher promove produções culturais realizadas por mulheres

Na manhã desta terça-feira, 27 de fevereiro, a Semana Arte Mulher divulgou sua rica programação. A segunda edição vem maior – em número de atrações (mais de 70) e na duração do evento (sete dias). Trazendo novidades como a descentralização, saindo de um único local e passando a ocupar cinco polos do Recife. De 5 a 11 de março, o evento apresenta projetos em música, teatro, dança, cinema, circo, literatura, artesanato, artes plásticas e cultura popular. Tudo criado e protagonizado por mulheres, com 95% da programação gratuita e espalhado pela cidade: Cinema São Luiz, Centro Apolo-Hermilo, Morro da Conceição, Parque da Jaqueira e Compaz Alto Santa Terezinha.

O Cinema São Luiz foi batizado de Polo Audiovisual: serão exibidos mais de 30 curtas nacionais, sempre com debate entre público, cineclubistas e diretoras convidadas. Entre elas, a paulista Gabriela Amaral e a pernambucana Kátia Mesel, que celebra 50 anos de carreira.

São artistas preocupadas com o discurso da arte corporal e existencial. O que as move, em princípio, é acreditar na capacidade de mudança que a arte possibilita. A SAM chega com esse propósito de viver de perto os sentimentos de cada artista, assim como de proporcionar ao público ações de suma importância para a vida sociocultural e educacional de um povo”, disse Pedro Castro, coordenador-geral e um dos poucos homens à frente do evento – toda a curadoria e coordenação de polos é feita por mulheres. O produtor conta que a primeira edição da SAM, em 2015, teve cinco dias de duração e concentrou sua agenda no Parque Dona Lindu. Este ano, o evento é apresentado pela Quem Disse, Berenice?, tem patrocínio da Fundarpe, apoio da Prefeitura do Recife, Cepe, Secretaria da Mulher de Pernambuco, apoio da Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco (Apacepe) e realização da P Castro Produções.

Acesso Livre – A programação da SAM é gratuita e aberta ao público. Apenas para quatro atrações no Centro Apolo-Hermilo, há cobrança de ingresso no valor de R$ 30 e R$ 15 (meia): os espetáculos “Soledad – A Terra é Fogo sob Nossos Pés”, “Casa de Abelhas” e os shows “A Dita Curva” e Bartira Fortes.

Etiquetas: , , , , ,


Alyson Fonseca

É um grande e verdadeiro apreciador da sétima arte.

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

[email protected]

Developed By: Vedrak Devs