ColunAnimação: 3 filme e mais um pouco sobre o Studio Ghibli

Hoje começa por aqui a ColunAnimação. Uma coluna que pretende dar mais foco a animações no cinema, uma categoria de filmes por vezes subestimada. E hoje vamos começar falando do estúdio japonês mais querido de todos, que você já viu ali no título.

Pode ser que eu ande na contramão por afirmar isso, mas acredito muito no potencial de animações no cinema. Uma coisa que me alegra é ver que recentemente esse tipo de filme tem ganhado mais atenção e se abordado temáticas mais adultas, de forma leve sem deixar de agradar as crianças. Inclusive no ínicio dos anos 00 (2002) passamos a ter o Oscar para melhor filme de animação. Antes disso, tivemos algumas animações que ganharam prêmios especiais, como por exemplo Branca de Neve e os 7 Anões da Disney em 1939.

Atualmente temos excelente estúdios de animação com tradição e que são figuras garantidas no Oscar: Pixar, Dreamworks, Disney e Ghibli. Este último, um estúdio oriental. E é sobre ele que quero falar hoje.

O Studio Ghibli traz nas suas animações todo estilo mangá/anime e obviamente um estilo oriental em tudo. Dos personagens e roteiros, até o enredo. Seus filmes são muitas vezes carregados de emoção e poéticos. Mas vamos falar dos filmes, para você entender melhor:

A Viagem de Chihiro – Sen to Chihiro no Kamikakushi:

A Viagem de Chihiro é o único filme de língua não inglesa a ganhar um oscar e é considerado o 10º melhor filme de animação da história do cinema. Foi recebido muito bem pelo público. O filme conta a história de Chihiro, que após chegar numa vila habitada por espíritos têm seus pais transformados em porcos e busca romper o feitiço. O filme aborda de forma sutil e metafórica muitas coisas como a passagem pra vida adulta (Chihiro indo ao desconhecido mundo dos espíritos ), a poluição (Deus Rio) e o como a ganância e avareza podem destruir (Sem Rosto).

Além de muito bem recebido, recebeu muitos prêmios (35 para ser exato).

Cemitério dos Vagalumes – Hotaru no haka:

Considerado um dos melhores filmes de guerra já feitos, Hotaru no Haka conta a história de dois irmãos durante a segunda guerra mundial. Com a mãe morta e o pai servindo ao exército os irmãos lutam para sobreviver a cada dia, descobrindo o egoísmo nas pessoas e passando por fome e doenças. Lindo e trágico, o filme retrata muito bem a parte da guerra que não está na luta e não raro é esquecido das ficções.

Meu Amigo Totoro – Tonari no Totoro

Totoro é mais que apenas “mais” um filme do Studio Ghibli. Totoro é seu mascote e ícone cultural no japão. Duas irmãs, filhas de um professor, se mudam para uma vila rural e sua mãe se encontra no hospital. Lá a filha mais nova, Mei, encontra um espírito da floresta chamado Totoro. na verdade o nome dele não é bem esse, mas é assim que conseguem pronunciar. Quando Mei se perde na floresta, apenas Totoro pode ajuda-la a voltar em segurança para casa.

E esses são três filmes do Studio Ghibli, na minha opinião os melhores. e você, já conhecia o estúdio? Quais mais gosta? E porquê? Segue o assunto aí.

Etiquetas: , , , ,

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

[email protected]

Developed By: Vedrak Devs