The Walking Dead | Por onde andam os atores que morreram na série?

The Walking Dead é uma das séries mais vistas no mundo todo atualmente. E, como o próprio nome sugere, não é surpresa que personagens acabem morrendo no decorrer da série.

No entanto, alguns destes acabam conquistando o carinho do público e suas mortes acabam por abalar e deixar saudades em muitos fãs. Apesar de não atuarem mais em The Walking Dead, alguns dos atores podem ser encontrados em outras produções. Confira a seguir:

CUIDADO! Se você não está em dia com a série, esse texto contém SPOILERS!

Sasha (Sonequa Martin-Green)

Sasha foi a morte “de peso” mais recente em The Walking Dead. A membro do grupo de Rick foi capturada por Negan e Cia. enquanto tentava invadir o Santuário. Como refém, reencontrou Eugene, quem lhe deu uma pílula capaz de causar a morte. Sasha foi ingeriu a droga e se matou no último episódio da 7ª temporada.

Logo após sua saída da série de zumbis, Sonequa Martin-Green entrou para o elenco da nova produção de Star Trek. Criou-se uma polêmica pelo fato da atriz supostamente ter saído de The Walking Dead para ter um papel de maior destaque em outra série. Tal boato foi desmentido pela própria atriz.

Antes de reencontrarmos Sonequa Martin-Green em Star Trek, é possível vê-la em outras série como The Good Wife (oito episódios) e em Once Upon a Time (13 episódios).

Glenn (Steven Yeun)

A morte recente mais traumática entre os fãs de The Walking Dead talvez seja a de Glenn. O coreano (ele não é japonês! rs) estava no elenco da série desde a 1ª temporada e passou por muitos sufocos para garantir sua sobrevivência e a do grupo. Ganhou empatia do público ao casar-se com Maggie, que estava grávida e viu o marido morrer vítima de Negan e de seu taco de beisebol chamado de “Lucille”.

A saída de Yeun do elenco da série de zumbis acabou por abrir portas ao ator, que começou a participar de diversas produções. Seu trabalho mais recente foi em Okja, filme da operadora de streaming Netflix. O longa inclusive é um dos que mais estão em alta na empresa.

Abraham (Michael Cudlitz)

Quem poderia esquecer do esbelto bigode de Abraham, hein? Por mais que possa ter perdido popularidade por conta de seu estilo militar e por ter trocado de namorada na série (Rosita por Sasha), o personagem de Michael Cudlitz era uma das forças do grupo de Rick. Também foi vítima de Lucille na mesma noite em que Glenn morreu.

Assim como Yeun, Cudlitz também expressou seu desejo de voltar para a série, fato que é praticamente impossível, a não ser por meio de cenas de flashback. O ator pode ser visto em Southland, como John Cooper, e na minissérie Band of Brothers como sargento Denver “Bull” Randleman.

Hershel (Scott Wilson)

Hershel é outro personagem que demorou a entrar no grupo de Rick e conquistar o carinho dos fãs. Mesmo assim, sua morte foi uma das mais chocantes da série. O veterinário, que atuava como médico do grupo, teve sua cabeça decepada pelo Governador, utilizando-se da katana de Michonne.

Talvez por conta da idade avançada, é possível que Scott Wilson tenha mais fama por seus trabalhos anteriores do que posteriores a The Walking Dead. O ator fez No Calor da Noite (1967), A Sangue Frio (1967), O Grande Gatsby (2013), Os Eleitos – Onde o Futuro Começa (1983), Os Últimos Passos de um Homem (1995), Retratos de Família (2005) e Monster – Desejo Assassino (2003).

Seu trabalho mais recente é no filme Hostiles (2017), estrelado por Christian Bale e Rosamund Pike. O longa marca a volta do ator a um grande trabalho desde 2011 quando participou de Ciladas do Amor. Wilson participa, como recorrente, das séries The OA, Damien e Bosch.

Tyreese (Chad Coleman)

A morte de Tyreese foi “prevista” pelo fã mais atento. Isso porque o ator, Chad Coleman, apareceu em uma prévia de outra série, The Expanse. Com isso, bastou executar um simples exercício de raciocínio: como pode Coleman aparecer no trailer de outra produção se está atualmente em The Walking Dead? Levando isso em consideração e o fato de que vira e mexe os personagens na série de zumbi morrem, sua saída pôde ser esperada.

Coleman está atualmente em The Expanse, onde interpreta o personagem Fred Johnson. O ator também ganhou destaque como Tobias Church, na 5ª temporada de Arrow.

Shane (Jon Bernthal)

Jon Bernthal talvez seja o ator que mais sucesso teve depois de The Walking Dead. Seu personagem, Shane, foi um policial parceiro de Rick, que cuidou da família do amigo (Carl e Lori) quando a epidemia começou. Enciumado pelo retorno do amigo, “assumiu” o papel de “vilão”. Sua morte foi uma das mais importantes da série, pois revelou que as pessoas podem virar zumbi pelo simples fato de morrer, não precisando necessariamente ser mordida ou atacada por um morto-vivo.

Seu filme mais recente ainda está em cartaz nos cinemas, Ritmo de Fuga (2017). Também ficou bastante conhecido ao interpretar Brad Bodnick em O Lobo de Wall Street (2013). No entanto, o papel que foi um divisor de águas na carreira do ator é Frank Castle, O Justiceiro, que participou da 2ª temporada de Demolidor, da Netflix. O sucesso foi tanto que Bernthal irá interpretar mais uma vez o personagem, só que em sua própria série solo, com previsão de estreia ainda para este ano.

Merle (Michael Rooker)

Outro que usou The Walking Dead como trampolim foi Michael Rooker. O ator viveu Merle, irmão mais velho de Daryl, entre 2010 e 2013. Até então, apesar de ter participado de muitos filmes, é conhecido por um papel ou outro como coadjuvante, como é o caso de Jumper (2007).

Assim como Bernthal, Rooker é outro ator que deve erguer as mãos para os céus todos os dias e agradecer por The Walking Dead. O ator de 62 anos ganhou fama internacional recentemente ao interpretar Yondu Udonta nos sucessos de bilheteria Guardiões da Galáxia e Guardiões da Galáxia Vol. 2.

A lista é ainda bem longa, é possível citar ainda Sarah Wayne Callies (conhecida por interpretar Sara Tancredi em Prison Break, papel que voltou a repetir na 5ª temporada da série em 2017) como Lori Grimes, Emily Kinney (cantora, participou da série The Following, Flash e Arrow, todas após TWD) como Beth, entre outros…

E aí, o que achou da lista? Tem alguma sugestão? Sentiu falta de alguém? Conte-nos!

Etiquetas: , , , , , , ,


Sergio Neto

Jornalista esportivo com passagens por ESPN, Band e hoje no Estadão Esportes. No tempo livre, gosta de conhecer e ler sobre filmes e séries.

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

CONTATO | ANUNCIE

Developed By: Vedrak Devs