Curiosidades sobre a Arlequina

01 – Única Aparição

Animação

Arlequina foi criada por Paul Dini e Bruce Timm em 1992 para o desenho Batman: A série Animada. Ela apareceria originalmente apenas no episódio Um Favor Para o Coringa. No entanto, da noite para o dia ela se tornou incrivelmente popular e sua participação foi requisitada em vários spin-offs e filmes animados, além de aparecer mais vezes na própria série.

Pouco tempo depois, a DC decidiu trazer a personagem para o universo principal dos quadrinhos. Porém ela acabou perdendo algumas das características chave. A nova Arlequina era escrita como uma personagem muito sombria e bem mais psicótica que era nas animações.

02 – A Psiquiatra

Harleen Frances Quinzel era uma ginasta que foi para a faculdade devido a uma bolsa. Ela não era uma boa aluna, e geralmente preferia seduzir os professores para aumentar suas notas. Contudo, Harleen sempre teve um talento especial para ler as pessoas.
Após obter seu diploma e ir para a faculdade de medicina, ela conseguiu um emprego no Asilo Arkham, onde o os mais perigosos inimigos do Batman foram internados. Ela foi subindo de posição dentro do Asilo, até que se tornou a principal médica a cuidar do Coringa. Ao contrário do que muitos afirmam, a Arlequina não possui síndrome de Estocolmo, de acordo com o criador da personagem, Paul Dini, Harley faz o que faz simplesmente por gostar de fazer.

Quando ela ajudou o Coringa a sair do Arkham, Harley passou a maior parte de seu tempo seguindo o Palhaço, sendo frequentemente abusada por ele quando seus planos davam errado.

04 – Ela já passou a perna no Batman.

Que o Coringa é doido varrido, ninguém duvida. Mas a nossa querida Arlequina já foi médica psiquiatra formada e, de repente, vai que ela tem cura? Foi pensando assim que o próprio Batman certa vez durante pediu a liberdade condicional da criminosa. Na história, Harley tem seu pedido de liberdade negado várias vezes por um certo Bruce Wayne, do conselho diretor do Asilo Arkham. Mas Harley se envolve com Ventriloquista e Scarface E, como boa sacana que ela é, entrega os planos da dupla para o Batman e para o Comissário Gordon. Convencido de que a doida agora está do lado dos mocinhos, Batman pede a soltura de Harley. O resultado, nós já sabemos.

05 – Treinada pelas Amazonas

Em uma das raras vezes em que Arlequina andou do lado certo da lei, ela acabou sendo treinada pelas Amazonas nas artes do combate. A ex-vilã arrependida chegou a visitar a Ilha Themyscira e receber aulas de Athena. O treinamento pesado e a companhia de outras mulheres ajudou a manter sua cabeça longe do Coringa. Infelizmente, era tudo um plano da maligna Vovó Bondade de Apokolips para conseguir novas guerreiras para Darkseid. Ainda assim, Harley acabou trabalhando para a Rainha Hipólita das Amazonas para desbaratar o golpe e no final foi recompensada pelos Deuses Gregos.

06 – Outro amor?

O Coringa pode ter sido a pessoa que inspirou Harleen Quinzel a se tornar Arlequina, e a maior parte do tempo da personagem é destinado à sua obsessão pelo Palhaço. Contudo, recentemente, a Arlequina encontrou conforto nos braços do Pistoleiro. Os dois tiveram um relacionamento durante uma de suas histórias no Esquadrão Suicida.

07 – Hera Venenosa

Hera e Harley são boas amigas e realmente formam uma grande equipe. Elas se uniram pela primeira vez em um filme animado, e, como já não é estranho para a Arlequina, o sucesso da equipe foi tão grande que elas se uniram nos quadrinhos também. Hera Venenosa gosta tanto da Arlequina que quase todas as vezes que elas se encontram, Hera lembra o quão inteligente Harley é e que ela deveria deixar o Coringa pra trás. Recentemente, Harley e Hera engrenaram num relacionamento amoroso.
Hera é ainda responsável pela injeção que deu a Arlequina seu aumento sua força, agilidade, imunidade às toxinas.

08 – Uma filha.

Histórias em quadrinhos não costumam concentrar-se em dinâmica familiar, exceto quando são trágicas. Em uma das histórias da Arlequina, ela revela para a Canário Negro que teve uma filha chamada Lucy. A garota era filha do Coringa, e Harley a enviou para viver com sua irmã.

A Arlequina se afastou do Coringa por quase um ano, teve o seu bebê, mas ao voltar ela percebe que ele nem mesmo sentiu sua falta. É um dos painéis que mostram o quanto a Arlequina tem crescido desde a sua introdução.

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

[email protected]

Developed By: Vedrak Devs