Isso é tão Black Mirror: App permite tirar fotos e conversar com pessoas que já morreram

A morte é algo que nós seres humanos na maioria das vezes não conseguimos aceitar facilmente. E foi da dor da perda recente de sua avó, que Eun Jin Lim teve a ideia de criar um aplicativo para guardar memórias com alguém que era muito querido. Confira!

Com o nome de “With me”, o app funciona da seguinte forma: de início é necessário criar um avatar e, para isso, precisa-se que a pessoa que você quer guardar recordações ainda esteja em vida. Daí então é feito um scan 3D que vai registar as formas de seu corpo. Como o aplicativo ainda está em fase de teste, atualmente, é necessário que a pessoa seja escaneada numa cabine 3D. Depois quem assume a aplicação é um sistema de inteligência artificial, que pensa e responde como uma pessoa permitindo o usuário interagir com a imagem tridimensional, tendo ações como tirar selfies, “beijar” e até conversar.

Em um certo momento da entrevista o jornalista levanta a seguinte questão para Lim: “Você não estaria realmente criando memórias, estaria criando falsas memórias não?” e ela responde: “São memórias verdadeiras, porque são imagens realistas em 3D e a sua presença está na minha mente.”

O aplicativo ainda não está disponível para o público, mas o que você acha dessa ideia?

Etiquetas: , , , , ,


Caio Augusto

Estudante, 21 anos, apresentador do canal Cinerama TV, e o maior fã do Scorsese que você respeita.

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

CONTATO | ANUNCIE

Developed By: Vedrak Devs