Trailer de novo filme sobre inteligências artificiais foi montado por uma I.A. real


Não é segredo para ninguém que estamos vivendo a era da tecnologia, onde os avanços são cada vez mais frequentes e a nossa adaptação é cada vez mais questionável. Dentro desse contexto surgem algumas obras de ficção científica que buscam entender e especular a respeito do que está acontecendo e do que vai acontecer no mundo. Uma dessas obras é o novo longa do estúdio 20th Century Fox, Morgan. O filme só estreou nos EUA, mas já está rendendo boas discussões a respeito das inteligências artificiais. Por quê? Simples, seu trailer foi feito por uma.

Anya Taylor‑Joy como Morgan.
Anya Taylor‑Joy como Morgan.

Nessa campanha de marketing, o estúdio se baseou em um trailer feito pelo supercomputador Watson, da IBM. A máquina foi “alimentada” com 100 trailers de filmes de terror, para que pudesse identificar os padrões de áudio, composição e vídeo e reproduzir algo semelhante. Terminadas as identificações, Watson teve acesso ao filme completo, que tem 90 minutos de duração, dos quais ele escolheu 10 cenas e montou um trailer de 6 minutos, que posteriormente foi reduzido por um editor humano, a fim de tornar o trailer mais breve (afinal, trailer nenhum tem 6 minutos né?). Tudo isso foi feito em apenas 24 horas, muito mais rapidamente do que um trailer comum, e o resultado você confere abaixo:

“Watson foi capaz de entender a cena visualmente e determinar se ela era assustadora, delicada, triste ou feliz” disse o cientista John Smith, da IBM.

O filme tem como protagonista Kate Mara, que interpreta uma consultora de risco, cujo próximo trabalho será decidir se os aparelhos que mantêm um ser artificial vivo devem ou não serem desligados. Ainda não há data de estreia nos cinemas brasileiros.

Parece que no fim das contas o sonho das máquinas é apenas trabalhar com cinema, escrevendo curtas e editando trailers, sem escravizar ou aniquilar a humanidade, como muito se pensa…

Etiquetas: , , ,


Gabriel Martins

Adicto às artes, pois através delas a vida ganha sentido.

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

CONTATO | ANUNCIE

Developed By: Vedrak Devs