House of Cards | Produtores comentam comparações entre série e governo Trump

Frank Pugliese e Melissa James Gibson, que assumiram o comando de House of Cards após a saída do criador Beau Willimon, falaram sobre as comparações entre a série, que já estreou sua quinta temporada na Netflix, e a realidade. Desde as eleições norte-americanas que terminaram com a vitória de Donald Trump, a série passou a ser frequentemente citada para explicar a política do mundo real. Pugliese, em entrevista à The Hollywood Reporter, falou sobre o assunto.

Por causa de Trump, a série parece ser mais relevante neste momento. Mas tudo o que acontece nesta temporada já eram coisas que vínhamos falando há bastante tempo. As pessoas podem pensar que adicionamos coisas, como cenas inspiradas nos protestos pós-Trump. Na verdade, filmamos elas antes. Algumas dessas coisas podem parecer novas, mas isso são coisas que já aconteceram no passado, o que nós percebemos é que poderiam realmente acontecer de novo.

James Gibson conta que a quinta temporada foi filmada durante as eleições presidenciais norte-americanas de 2016 e que tudo foi concluído em 15 de fevereiro. De acordo com ela, mais que uma metáfora da política dos EUA, é um convite à reflexão. “Vamos ser observadores passivos da Democracia, ou vamos participar? Eu acho inevitável que a série leva o espectador a pensar um pouco sobre isso. A participação dos eleitores é o fator mais importante“, conta.

Pugliese conta ainda como foi para o elenco e produção no set de gravações após a vitória de Trump.

Esperávamos que Hillary Clinton ganhasse. No dia seguinte, tinha uma atmosfera sombria no set. Provavelmente havia um sentimento de que devíamos fazer algo, mas precisávamos fazer as coisas que tinham para ser feitas, estávamos tentando contar a melhor história possível. Mas foi sombrio.

Sobre a relação com a imprensa, Pugliese comparou o comportamento de Frank Underwood (Kevin Spacey) e Trump. “Há uma sofisticação de Francis durante a temporada em relação a seu relacionamento com a mídia, no fato de que ele está tentando manipulá-la. Como os políticos já fizeram no passado, ele está usando terror e medo de fazer isso“.

Um pouco mais tarde que nos anos anteriores, House of Cards retornou em 30 de maio pela Netflix, que também tem todas as temporadas completas em seu catálogo.

Fonte: Omelete

Etiquetas: , , , , , ,


Caio Augusto

Estudante, 21 anos, apresentador do canal Cinerama TV, e o maior fã do Scorsese que você respeita.

"O cinema é um modo divino de contar a vida"
Federico Fellini

© 2018 Cinerama Clube.

Todos os direitos reservados.

CONTATO | ANUNCIE

Developed By: Vedrak Devs