Oscar 2020 | Academia Brasileira de Cinema anuncia comissão que vai escolher o representante brasileiro para a 92ª edição da Premiação

Academia Brasileira de Cinema, associação que tem como objetivos promover, preservar e divulgar o cinema brasileiro. Criada em 2002 com a finalidade, entre outras, de instituir o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e contribuir para a discussão, promoção e fortalecimento do cinema como manifestação artística, ajudando, desta forma, a fortalecer a indústria cinematográfica brasileira. Anunciou nesta terça-feira, dia 11 de junho, os nomes que vão compor a comissão especial responsável pela escolha do longa-metragem nacional que vai representar o Brasil na premiação da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood do próximo ano.  

Leia também >>> Frozen 2 | Disney divulga novo trailer e cartaz nacional da animação


Os nomes da comissão responsável por escolher o longa brasileiro que disputará uma vaga para concorrer ao Oscar de Melhor Longa-Metragem Internacional (antigamente se chamava Melhor Longa-Metragem Estrangeiro) na 92ª edição da Premiação, marcada para o dia 9 de fevereiro de 2020, entre os nove integrantes da Comissão Especial de Seleção, estão os diretores Anna MuylaertDavid ShürmannWalter Carvalho e Zelito Viana; as produtoras Sara Silveira e Vania Catani; o roteirista Mikael de Albuquerque ; o crítico e curador Amir Labaki; e a diretora do Festival do RioIlda Santiago


Além dos membros titulares, compõem a comissão os suplentes: o distribuidor e produtor Marcio Fraccaroli e a documentarista e produtora Adriana Dutra. “A comissão representa a pluralidade da produção audiovisual brasileira”, diz Jorge Peregrino, presidente da Academia Brasileira de Cinema.

Com o anúncio, foi dada a largada para as especulações sobre os candidatos mais fortes que tem chances de representar o Brasil, até o momento. Por exemplo, já é possível apontar os recém-premiados em Cannes. Bacurau, de Kléber Mendonça Filho e A Vida Invívisivel de Eurídice Gusmão, de Karim Aïnouz. As produções que desejam tentar uma vaga na categoria, precisam contar com o consenso dos nove integrantes da comissão já citada.

Conheça a Academia Brasileira de Cinema, clicando aqui.