Craig Mazin, o criador da série de sucesso da HBO, negou a possibilidade de uma segunda temporada levantada pelo site de notícias “Decider”, na manhã desta quarta-feira (5). A afirmação de Craig Mazin, foi uma resposta ao tweet do portal na rede social.

A chamada dizia “Segunda temporada de Chernobyl? Pode acontecer”, em resposta o criador respondeu:”Com todo respeito à Decider, mas a resposta definitiva para a pergunta da manchete ‘Terá segunda temporada de Chernobyl?’ é “Não”.

Em uma entrevista recente ao site de notícias Vox, o criador Craig Mazin, disse que a última coisa que ele quis dizer a sociedade é que toda a verdade sobre o acidente nuclear estaria sendo contada na série, por isso ele criou um podcast complementar sobre a história de Chernobyl.

“A última coisa que eu sempre quis dizer para as pessoas foi: “Agora que você assistiu isso, você sabe a verdade.” Não, você não sabe. Você conhece algumas das verdades e conhece algumas das coisas que foram dramatizadas”, disse Craig

Outro fato que o criador deixa claro é que Legasov não estava no tribunal relatado na cena da série, mas a inclusão do ator seria importante para a narrativa da história.

“A verdade é que ele não estava lá. Mas eu não posso contar a história sem ele estar lá porque ninguém vai querer assistir isso. Eles conhecem esse cara; eles querem ouvir dele. Mas é importante, então, para mim ir no podcast e dizer: “Ok, mas na realidade, aqui está a verdadeira verdade-verdade, que não é narrativamente interessante”, contou Mazin.

O podcast pode ser ouvido na plataforma do Youtube, nele o criador relata fatos que não estão descrito no seriado. Além disso, em seu Twitter, Craig tem respondido curiosidades dos seguidores e disponibiliza conteúdos extras, entre eles o roteiro da série.

O último episódio da série que teve a melhor avaliação na última semana pelo IMDb, vai ao ar no canal da HBO nesta sexta-feira (7).

Veja também: Chernobyl | Showrunner libera o roteiro da série [PDF]