Não é novidade que o tinhoso nos intimida e amedronta desde os tempos antigos, e que a Sétima Arte tem em seu coração um lugarejo de sombra e desespero reservado em seu nome… Conheça agora cinco filmes sobre satanismo mais poderosos que cafeína – que nos deixam acordadíssimos dias a fio com medo daquele-que-não-se-nomina…

1) A Profecia. 1976.

De Richard Donner. Com Gregory Peck, Lee Remick, Harvey Spencer Stephen, David Warner, e grande elenco.

Um diplomata americano adota uma criança de “procedência duvidosa”, ocultando de sua esposa a morte de seu filho biológico, natimorto. Porém, sem saber, o casal pode estar criando o anticristo, uma vez que mortes e coincidências bizarras passam a acontecer com a família.

Trailer de A Profecia.

2) A Bruxa. 2015.

De Robert Eggers. Com Anya Taylor-Joy, Ralph Ineson, Kate Dickie, e grande elenco.

Uma família desconfia que sua primogênita matou seu irmão ainda bebê para fazer rituais satânicos, caindo em histeria.

Trailer de A Bruxa.

3) Hereditário. 2018.

Ari Aster. Com Milly Shapiro, Alex Wolff, Toni Collette, e grande elenco.

Perturbador, Hereditário conta a história de uma família que, em um curto período de tempo, sofre duas perdas irreparáveis. Passam, tempos depois, a sofrer com misteriosos acontecimentos e manifestações paranormais.

Trailer de Hereditário.

4) O Exorcista. 1973.

De William Friedkin. Com Ellen Burstyn, Max von Sydow, Linda Blair, e grande elenco.
Clássico do cinema de terror, ganhador do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado em 1974, O Exorcista é baseado no livro homônimo de William Petter Blatty – que por sua vez é baseado num caso real de possessão demoníaca. O filme conta a história de uma mãe solteira que está a gravar um filme – nesse ínterim, sua filha pré-adolescente passa a apresentar comportamentos estranhos, que saem da ossada médica e científica. Como última esperança, sem diagnósticos exatos, um exorcismo é preparado por um padre que tem duvidas acerca da fé.

Trailer de O Exorcista.

5) O Bebê de Rosemary. 1968.

De Roman Polanski. Com Mia Farrow, John Cassavetes, Ruth Gordon e Sidney Blackmer.

A narrativa dentro da narrativa – o filme de Polanski narra a gravidez de Rosemary, muito conturbada e cheia de acontecimentos misteriosos. Como o filme foca-se diretamente em Rosemary e em seu ponto de vista, vamos descobrindo e desconfiando de cada cena e de cada personagem, até chegarmos em seu clímax e nos horrorizarmos com os rituais satânicos feitos ao longo do filme.

Trailer de O Bebê de Rosemary.

TOP 5 FILMES BÔNUS – mais cinco filmes que valem a pena!

1) Suspiria. 1977. Dario Argento.

2) Haxan – A Feitiçaria Através dos Tempos. 1922. (Documentário). Benjamin Christensen.

3) The Burning Times. 1990. Donna Read.

4) O Homem de Palha. 1973. Robin Hard.

5) Baskin. 2015. Can Evrenol.